A Minha Roupa XXL

A minha mãe está em mudanças e, ontem, eu e a minha irmã estivemos de volta das roupas… “Keep, Donate and Toss”!
Acontece que tinha por lá roupa minha, roupa essa que vestia não num passado muito longínquo, havia peças que ainda usei em 2017😲

Fiquei totalmente 😲😲 pois quando vemos a diferença, é de facto… BRUTAL 💪💪
Isto aconteceu porque eu fiz por isso, não há passes de mágica nem dietas milagrosas, há sim, vontade de mudar!!

Se eu consegui, porque razão é que tu não podes também fazê-lo? {Pela Tua Saúde}

Esta é uma tentativa de recriação de uma foto que tinha partilhado há poucos dias na página no Facebook e também aqui no site😉

👇Estas calças estavam tão apertadas que entre pernas ficaram completamente rasgadas, estas e todas as outras que mais usava. A maioria, tal como as da foto, tinham remendos nessa mesma zona 😶

Gostei especialmente destas calças👇 tirando o ar de cientista completamente tresloucada 😂😂 as minhas duas pernas têm a largura de uma das “antigas”💪🙌

Como já referi a cima, isto não foi uma passe de mágica, houve um click e uma enorme vontade de mudar e manter a mudança, o que provocou mais saúde e mais autoestima!

Imagina e sente essa emoção a invadir-te, agora… F A Z ❤ pois TU consegues!!

 

Agora em Kg… Quantos já perdeste?

{ 1ª Avaliação ~ Abril 2017 }

Quando iniciei a minha #alteraçãodehábitos fui acompanhada por uma nutricionista, a Tânia Camões, que também tinha parceria com o projecto que ajudo a desenvolver, o Vitamina-te.


👉 No 1º mês que me avaliou, Abril, escreveu o seguinte:

” O que nos propusemos:

  • Reeducação alimentar, com base num regime paleo:
    • Exclusão de alimentos que contenham glúten
    • Exclusão de leite e derivados
    • Exclusão de alimentos processados, refinados e com açúcar de adição
    • Refeições principais compostas por fontes proteicas animais (carne, peixe, ovos) acompanhadas com legumes
    • Aumento da ingestão de alimentos ricos em ácidos gordos essenciais (frutos oleaginosos e sementes), sobretudo como forma de enriquecer snacks
    • Jejum de 12h (maioritariamente feito no período da noite)

Inicialmente não foi aconselhada uma dieta completamente restrita em hidratos de carbono, sendo a batata, batata-doce e algumas leguminosas algumas opções disponíveis. Contudo, destas opções a única escolhida pela Sónia para ingerir de forma esporádica, foi a batata-doce.

O jejum de 12h foi levado tão à risca que na maioria dos dias se estende às 18h. Veremos se poderá ter tido implicações!

1 mês e 12 dias depois, os resultados, do ponto de vista da composição corporal foram os seguintes:

  • Menos 7,7 kg
  • Menos 2% de Massa Gorda (perda generalizada em todos os segmentos corporais)
  • Redução de 2 valores de gordura visceral
  • Mais 2% de água
  • Menos 2,4kg de Massa Muscular

Sem dúvida que esta perda de massa muscular pode ser o único aspecto menos positivo desta nossa viagem. Contudo, nunca nos podemos esquecer da individualidade inerente aos processos de mudanças de hábitos: só existe uma Sónia e mais do que nunca, este processo tem de ser feito à sua medida.

Para o próximo mês, as minhas sugestões são as seguintes:

  • Introdução de uma terceira refeição, a meio da tarde, rica em proteína e gordura
  • Reforço proteico após o treino
  • Reajuste nos horários das refeições / Jejum, sempre mantendo o princípio de respeito pelos mecanismos de saciedade
  • Reforço muscular com treino de força”.

De facto eu fiz mais restrições na minha “dieta” alimentar do que as que me tinham sido indicadas pela Tânia, mas não me obriguei a tal e não me senti privada de nada!

Durante 1 mês e 12 dias, dando um pequeno exemplo, comi feijão preto duas vezes porque o preferi às batatas fritas e arroz que acompanhavam a picanha 😉 é tudo uma questão de escolhas! Ao contrário do que possa parecer não ando a contabilizar as vezes que como isto ou aquilo, não faz parte do plano, simplesmente tenho cuidado com o que ingiro pois tenho um objectivo bem definido!

Isto era válido em 2017 e também o é um ano depois, se o foco for na mudança os resultados aparecem!!

Dá Cor à Tua Dieta Alimentar ~ Desafios

Nos nossos dias a nutrição é, em geral, uma preocupação menor. Muitos de nós não ingerimos as quantidades recomendadas de frutas e de vegetais.

O stress, o cansaço e a falta de sono são lugares comuns. Estes factores podem ter impactos adversos no seu sistema imunitário, desenvolvimento celular e criação de energia.

Existe um excesso de informação em dietas para a gordura e “peritos” em nutrição que encorajam as pessoas com soluções pré-definidas.

Para ser o mais saudável possível, deve tentar alimentar-se com frutas e vegetais de todas as cores, todos os dias.

Isto porque cada cor contém diferentes fitonutrientes (nutrientes das plantas).

Divida os seus alimentos em grupos de cores para ajudar a assegurar que está a ingerir os nutrientes certos. Tente comer 1 a 2 porções de cada cor todos os dias.

Desafio-o! Ingira 1 a 2 porções de frutas e de vegetais de cada cor Verde, Branco, Vermelho, Azul/Lilás e Amarelo/Laranja.

Consegue-o durante 1, 2, 3 ou 5 dias?
E durante uma semana, ou um mês?