5 Dias Antes de Fazer 47 anos!

Esta foi a data em que iniciei a minha #alteraçãodehábitos, há 1 ano e 4 meses (mais dia, menos dia).

Se foi fácil?! Inicialmente não, não foi!!
O meu corpo estava habituado a muita porcaria e gostava 😉 é tal como a ressaca de alguém que tem uma adição, um vicio!
Este vídeo do Rodrigo Polesso, empreendedor e estudante de ciência nutricional, fala um pouco sobre isto e a mim fazem-me sentido algumas das coisas que ele refere e defende!

Certamente que as pessoas com excesso de peso sabem do que falo mas a grande maioria não tem uma pequena noção do que é o dia a dia de uma pessoa com problemas de peso, no meu caso juntinho à linha da obesidade, não passa somente por tudo e todos que nos rodeiam, somos também nós próprios que nos tornamos os nossos maiores inimigos pois não há maior boicotador do que aquele que tem consciência de que está a tratar mal o seu corpo, sabe que tem que mudar e vai tentando, não fazendo!

O tempo vai passando e vamos arranjando desculpas para comer aquele pão, aqueles bolos que trouxemos da pastelaria, os petiscos a toda a hora, os batidos, as sobremesas…e isto vai aumentando o número na balança e o peso na consciência! Mas há algo que não consegue ser apaziguado ou reconfortado com comida e nos “segue” a cada minuto dos nossos dias, até quando dormimos! São as dores. As doenças associadas à obesidade! O mau estar constante deixa-nos encalhados, sem vontade, com raiva, com tristeza, não nos deixa dormir, atrasa-nos e muitas vezes tira-nos a alegria de viver!

Aos poucos deixamos que o peso nos roube a auto-estima, escondemo-nos do espelho com vergonha do reflexo que ele nos mostra e fugimos a sete pés das máquinas fotográficas…

Tudo isto só muda quando dentro de nós há algo que dispara e diz chega, tenho que fazer alguma coisa por mim, tenho que me sentir bem comigo para conseguir seguir em frente!! No meu caso foram as dores constantes, o sentir-me mal a cada passo, a cada volta que dava na cama enquanto tentava dormir e, o que mais me doía, não conseguir acompanhar o meu filho!

1 mês e 12 dias depois de ter iniciado a minha alteração de hábitos, há cerca de um ano atrás, ainda tinha dores e mau estar mas já dormia melhor e sabia que era este o caminho certo pois esta #alteraçãodehábitos não  acrescenta agonia e privação ao meu dia a dia, não tenho que contar calorias e, na altura, já tinha perdido “6 Molas” 💪
Hoje, posso dizer que consegui manter o peso perdido e estou pronta para perder um pouco mais! 💪 💪

Se achas que tens de mudar, se sentes o que descrevo neste pequeno testemunho, fá-lo! Não esperes pela segunda-feira ou por um inicio de mês, sabes perfeitamente que isso é mais uma desculpa, se queres e precisas…muda AGORA pois se deixas passar mais tempo daqui a um ano vais desejar ter começado hoje ❤

Deixa a tua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.